254385593
Automar

Gilson Machado: novo ministro espera que governantes n√£o decretem lockdown

Bolsonaro deu posse hoje a Gilson Machado no Ministério do Turismo

Por Redator de Plantão em 17/12/2020 às 20:18:49

O novo ministro do Turismo, Gilson Machado, fez um apelo hoje (17) para que governadores e prefeitos n√£o decretem lockdown (fechamento total) das atividades, em raz√£o da pandemia de covid-19. "O trade (atividades do setor do turismo) n√£o aguenta a decreta√ß√£o de um segundo lockdown. O empres√°rio do turismo, que gera emprego e renda, hoje tem mais medo de um decreto que da própria doen√ßa. Ent√£o, isso é um apelo que eu fa√ßo nesse momento", disse, durante sua cerimônia de posse, no Pal√°cio do Planalto.

Machado citou o caso do munic√≠pio de B√ļzios, no Rio de Janeiro, onde a Justi√ßa determinou o fechamento de hotéis e praias devido ao aumento de casos de covid-19. O Brasil j√° ultrapassou 7 milh√Ķes de infectados pelo novo coronav√≠rus. De acordo com o √ļltimo boletim divulgado ontem (16) pelo Ministério da Sa√ļde (MS), nas 24 horas anteriores, foram registradas 70.574 novas infec√ß√Ķes por covid-19. O n√ļmero de infec√ß√Ķes supera muito o do boletim divulgado na ter√ßa-feira (15), quando foram registradas 42,8 mil pessoas infectadas.

Por outro lado, segundo Machado, j√° o governador de Pernambuco, Paulo C√Ęmara, garantiu que n√£o haver√° lockdown no estado. Para o ministro, o Brasil j√° v√™ uma recupera√ß√£o econômica no turismo, j√° que, os turistas brasileiros que antes viajavam para o exterior, hoje est√£o viajando dentro do Brasil. "E quem fala isso s√£o os n√ļmeros, somos hoje o pa√≠s da América Latina que tem o maior potencial de crescimento e a melhor velocidade de retomada de crescimento e o turismo, para isso, tem um papel important√≠ssimo", disse.

Segundo Machado, as companhias aéreas j√° registram recupera√ß√£o de 400% da malha aérea e, comparado ao ano passado, 80% das rotas j√° foram reativadas devido ao turismo interno. "Em Recife, por exemplo, o aeroporto j√° demonstra movimento maior do que de 2019 e as taxas de ocupa√ß√£o de pousadas e hotéis est√£o subindo a cada m√™s", comemorou.

O presidente Jair Bolsonaro deu posse a Machado para o lugar de Marcelo Álvaro Antônio, que foi exonerado do cargo no √ļltimo dia 10 de dezembro. Antônio vai reassumir o mandato de deputado federal, no Congresso Nacional, do qual se licenciou para assumir a pasta do Turismo, em 2019.

Bolsonaro agradeceu o empenho do ex-ministro e disse que ele "marcou a história do turismo brasileiro". "Ele deu tudo de si, passou um momento dif√≠cil no corrente ano com a pandemia, onde o primeiro setor atingido foi do turismo. Os fluxos internacionais praticamente deixaram de existir e os fluxos internos também foram reduzidos bastante. E o reflexo estava na rede hoteleira", destacou o presidente.

Já Gilson Machado deixa o comando da Agência Brasileira de Promoção Internacional do Turismo (Embratur), cujo cargo de diretor-presidente passa a ser ocupado por Carlos Alberto Gomes de Brito.

Comunicar erro
AUTOMAR

Coment√°rios

FS